Ano 3 - nº 9 - fevereiro/maio de 2011

O WESTERN OU O CINEMA NORTE-AMERICANO POR EXCELÊNCIA
Emídio Fernandes



Se nos detivermos um pouco a pensar sobre o Western, facilmente chegaremos, como Jean-Louis Rieupeyrout, à conclusão de que é ele o cinema norte-americano por excelência. Com efeito, a História do Oeste é a História dos Estados Unidos. É ali que melhor compreendemos o fenômeno que constituem os Estados Unidos, é ali que se desenvolveu a lenda que resume todo o modo de ser e todos os anseios do cidadão estadunidense típico. E, se em 1850 Horace Greeley podia dizer, no New York Tribune, “Go West, young man, and grow up with the country” (“Vá para o Oeste, jovem, e cresça com o país”), nós podemos dizer, hoje, “Veja o Western, jovem, e compreenda os Estados Unidos”.

 

Este texto foi transcrito do artigo “Horizontes do ‘Western’”, publicado no número 46 da revista Celulóide (Rio Maior, Fernando Duarte Editor, outubro de 1961, p. 8)