Ano 2 - nº 8 - outubro de 2010/janeiro de 2011

COMO SURGIU DREAM OF THE RAREBIT FIEND
Winsor McCay
tradução e versão: Marco Aurélio Lucchetti



Dream of the Rarebit Fiend teve sua origem num desenho que fiz para o The New York Telegram... Vocês sabem o que ocorre com um fumante quando ele acorda pela manhã e não encontra um cigarro? Bem, esse meu desenho mostra um fumante que está no Pólo Norte, sem um único cigarro (em razão disso, ele se sente a ponto de morrer). Acrescentei ao desenho alguns outros personagens. Eles têm papel para fazer cigarro, tabaco e um único fósforo, que se apaga antes que possam acender o cigarro. No final, tudo não passa de um sonho do fumante. Meu editor queria que eu criasse uma nova história em quadrinhos. Ao ver o tal desenho, ele me propôs que essa história em quadrinhos mostrasse os pesadelos de um viciado em torradas com queijo derretido. O que aconteceu depois todo mundo já sabe.
Todos já viram que as páginas de Dream of the Rarebit Fiend estão assinadas com o nome Silas. Foi por razões contratuais que não pude assiná-las com meu nome. Tomei esse nome, Silas, emprestado de um bom homem que, todos os dias, passa, com seus apetrechos de gari, em frente do prédio do The New York Herald.

 

Winsor McCay escreveu este texto em 1907