Ano 6 - nº 19 - maio/agosto de 2014

BELEZA ROUBADA
Rubens Francisco Lucchetti



Achava-me eu
perdido e sem paz,
como uma nuvem confusa
que enevoa o céu estrelado,
quando meu olhar
a viu a sonhar.



Era de uma beleza sem par.
E, por um momento
– um breve momento
na noite dos séculos sem fim
que é minha tormentosa existência –,
por ela me apaixonei.
Mas, tal qual um ladrão à noite,
roubei sua beleza e sua vida,
para minha sede de sangue saciar.

 

Rubens Francisco Lucchetti é ficcionista e roteirista de Cinema e Quadrinhos