Ano 6 - nº 19 - maio/agosto de 2014

ANJO DA NOITE
Rubens Francisco Lucchetti



Estava eu numa mágica floresta,
sob uma árvore a sonhar,
com um feitiço pairando no ar;
e o céu, tal qual lençol multicolorido,
o cenário a enfeitar.



Quando um anjo
– de asas tremulantes e
negras como a noite –
veio em meu refúgio me encontrar.



Um sonho interrompido;
e, com êxtase, esse anjo
veio me tentar
e no meu sono entrar.



Esse anjo...
Seria figura real ou fantasmal?
Não tenho palavras para explicar.
Mas seus lábios rubros
me fizeram tremer e vibrar,
durante toda a noite,
enquanto as estrelas mudavam de lugar.



Uma bela ilusão
esses lábios me transmitiram;
e, naquela hora lunar,
eles puderam me dar
o longo beijo que eu tanto ansiava,
para a imortalidade encontrar.

 

Rubens Francisco Lucchetti é ficcionista e roteirista de Cinema e Quadrinhos