Ano 6 - nº 18 - janeiro/abril de 2014

MORREU HARPO MARX



Harpo Marx, o membro mudo dos famosos Irmãos Marx, faleceu num hospital de Hollywood, em 28 de setembro de 1964. Era casado, desde 28 de setembro de 1936, com a atriz Susan Fleming. E tinha quatro filhos adotivos: Bill, Alex, Jimmy e Minnie.
Harpo, que nos filmes sempre se comunicava com uma buzina (uma buzinada queria dizer “sim”; e duas, “não”) e usava uma cabeleira loura postiça e uma capa de cujos bolsos tirava os objetos mais inusitados (machados, marretas, maçaricos), é o segundo dos Irmãos Marx a falecer. Chico, que nas fitas vivia um italiano esperto, morreu em 1961.
Nascido em Nova York, em 23 de novembro de 1888, Harpo, cujo verdadeiro nome era Arthur, entrou, com os irmãos, no vaudeville na década de 1910.
Em 1929, Harpo e seus irmãos Chico, Groucho e Zeppo foram contratados pela Paramount, para fazerem cinco filmes. Iniciava-se, então, a carreira cinematográfica dos anárquicos Irmãos Marx, que conquistaram milhões de admiradores em todo o mundo.

 

Este texto foi transcrito do número 87 da revista Celulóide (Rio Maior, Fernando Duarte Editor, março de 1965, pp. 20-21)