Ano 4 - nº 14 - outubro/dezembro de 2012

QUE É UM VAMPIRO?
ilustração: Philippe Druillet



“(...) segundo as lendas e o folclore de certos países, vampiro é o espírito de um morto que abandona seu túmulo à noite para sugar o sangue de pessoas vivas. Quando morrem, suas vítimas devem ser decapitadas ou enterradas com uma estaca atravessando o coração, para que também não se tornem vampiros. Considera-se a Transilvânia a terra dos vampiros.”
Tudo

 

“É o morto que, segundo as lendas e o folclore de certos países, sai provisoriamente da sepultura, à noite, para sugar o sangue dos vivos, levando consigo a vitalidade das vítimas. Essa crença, muito presente na Europa oriental, entre os séculos 15 e 19, inspirou o Cinema e a literatura popular no século XX.”
Grande Enciclopédia Larousse Cultural

 

“Vampiro é o ente fantástico que, segundo a superstição do povo, sai, à noite, das sepulturas, para sugar o sangue das pessoas, principalmente das crianças (...).”
Michaelis Moderno Dicionário da Língua Portuguesa

 

“Segundo tradição lendária, vampiro é o corpo de um morto que, à noite, se reanima e sai do túmulo para sugar o sangue dos vivos.”
Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa

 

“O vampiro não está nem morto nem vivo, mas vivendo NA MORTE. Constitui uma anomalia, um andrógino no mundo espectral, um pária entre os monstros.”
Montague Summers

 

“O consumo de sangue é a atividade mais característica dos vampiros. Portanto, o tema vampiro também é usado para descrever várias criaturas mitológicas que bebem sangue, bem como pessoas vivas que se engajam em atividades similares. Finalmente, o termo tem sido usado para descrever pessoas (e espíritos) que se engajam em vampirismo psíquico, o processo de drenar a força vital ou a energia (ao contrário do sangue) de outras pessoas.”
J. Gordon Melton, in O Livro dos Vampiros

 

“Os vampiros são habitantes dos sonhos. Há séculos fazem parte do imaginário humano como lenda, fábula e ficção.”
Nelson Liano Jr., in Manual Prático do Vampirismo