Ano 3 - nº 10 - junho/setembro de 2011
 

A VIOLÊNCIA NOS FILMES DE BUDD BOETTICHER
Maurizio Colombo



Apesar do tema tratado – a vingança – nos filmes estrelados por Randolph Scott e dirigidos por Budd Boetticher, a  violência nunca foi exibida totalmente: por exemplo, no cara a cara entre Randolph Scott e Lee Marvin, que fecha Sete Homens Sem Destino (Seven Men from Now, 1956), nem mesmo o sacar do revólver (com o conseqüente disparo de Scott) é mostrado. “A violência é como o sexo ...”, declarou, certa vez, o diretor ao então crítico Bertrand Tavernier. “Não é necessário mostrá-la, porque aquilo que se imagina é sempre melhor do que aquilo que é tornado explícito na tela.”

 

Este texto foi transcrito do número 5 de Almanaque Tex (São Paulo, Mythos, novembro de 2000, p. 8)